Depressão e o Zumbido no Ouvido

Os aparelhos auditivos são, sem dúvida, um dos melhores dispositivos criados para ajudar o homem. Existem hoje no mercado os mais variados modelos, com diferentes designs e características técnicas. Esse pequeno aparelho tem a função de melhorar sua qualidade auditiva. Com ele, a pessoa ouve melhor, compreende melhor e fala com maior exatidão.

Quando é Necessário
Faz-se necessário o uso do aparelho auditivo quando há perda de audição, seja total ou parcial, e que não pode ser resolvida com tratamento médico ou cirúrgico.

Como Escolher o Melhor Aparelho Auditivo
Para escolha de um aparelho auditivo é necessário levar em consideração dois pontos fundamentais: seu grau da perda auditiva e seu estilo de vida. Sim, seu estilo de vida. Se o paciente trabalha em lugares movimentados e com som alto, se faz isso de fone de ouvido ou de aparelhos eletrônicos, por exemplo. Tudo isso influência na escolha do modelo.

Adquirir um aparelho auditivo é algo muito sério, e apenas profissionais especializados podem te ajudar. O melhor caminho é procurar uma empresa especializada e conceituada no mercado, pois eles têm profissionais qualificados que vão te ajudar nesse processo de escolha e adaptação do aparelho auditivo.

Porque Regular o Aparelho Auditivo
O aparelho auditivo tem que atender perfeitamente a você. Através de sua percepção dos sons, são feitos ajustes no volume, nas frequências e nos programas que o parelho possui.

Quando se coloca o aparelho pela primeira vez, existe um período de adaptação. E essa adaptação não é só pelo uso do aparelho na orelha, mas também para o cérebro, pois este também tem que se adaptar a esses novos estímulos.

Por isso, a regulagem é primordial. É um processo lento e que exige paciência e comprometimento. Só assim você tem o máximo de aproveitamento que o aparelho possa te proporcionar.

Qual o Profissional que Pode Realizar o ajuste do Aparelho?
O fonoaudiólogo é quem irá te acompanhar nessa jornada. Inicialmente, é ele quem irá analisar as causas da perda auditiva e indicará o melhor aparelho para seu caso. Depois são feitas as regulagens em programas e na sua audiometria tonal e vocal, e outros exames audiológicos.

Normalmente leva-se 60 dias para que o paciente se sinta completamente adaptado. Depois disso é feito controle anual com novos exames e reajustes.

Infelizmente, é comum as pessoas que usam aparelhos terem dificuldades para ouvir. Normalmente se deve a três fatores:

  • Não ter ajustado o aparelho adequadamente.
  • O aparelho não é ideal.
  • Problema no processamento cerebral.

Para evitar isso, é imprescindível o acompanhamento de um fonoaudiólogo.

E quando o paciente não se adapta ao aparelho, deve-se procurar um otorrinolaringologista com experiência em reabilitação auditiva.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

TUDO SOBRE AUDIÇÃO

+10.000 assinantes curtem nosso conteúdo.