Zumbido pulsátil no ouvido

Você sabe o que é zumbido pulsátil?

O zumbido é uma das reclamações mais comuns entre as pessoas acerca da saúde auditiva. Este é identificado por ouvir constantemente um som incômodo, podendo ser este chiado, apito, estalos, cliques, entre outros. Porém, quando este produz um som rítmico em sintonia com as batidas do coração é chamado zumbido pulsátil, uma condição consideravelmente mais rara.a

Também chamado zumbido vascular, rítmico, vascular ou síncrono de pulso, o zumbido pulsátil pode ocorrer nos dois ouvidos, sendo mais comum a ocorrência em apenas um. É uma doença menos frequente, pois suas causas estão associadas a alterações vasculares arteriais ou venosas.

As possíveis causas desse tipo de zumbido

Enquanto o zumbido comum não possui uma causa específica, o zumbido pulsátil pode ser resultado de uma doença subjacente que nem sempre é fácil de ser diagnosticada. De maneira geral, ocorre devido a uma mudança no fluxo sanguíneo em alguma região próxima às estruturas auditivas. Suas causas mais comuns são:

  • Pressão alta: quando a pressão sanguínea está alta, a força contra as paredes internas das artérias aumenta, podendo ser detectada pelos ouvidos.
  • Vasos sanguíneos irregulares: as paredes irregulares dos vasos sanguíneos podem acelerar o fluxo sanguíneo, tornando-o mais perceptível.
  • Aterosclerose: ocorre um depósito de gordura nas artérias, obstruindo-as, portanto, impedindo que o fluxo de sangue siga normalmente.

Além dessas possíveis causas, o zumbido pulsátil pode ser resultado de malformações, aneurismas, neoplasias vasculares, fístulas arteriovenosas, entre outros. Também pode ser sintoma de um aumento da pressão intracraniana, que pode acompanhar enxaquecas e perda de visão.

Diagnóstico do zumbido pulsátil

O médico irá investigar quais as possíveis doenças que podem ser a causa do problema. Será necessário um exame cuidadoso da circulação sanguínea nas áreas das orelhas e pescoço.

Em alguns casos, o zumbido pulsátil pode ser detectado através do uso de um estetoscópio. Caso não seja possível identificar por ele, será diagnosticado com zumbido pulsátil subjetivo, quando apenas você pode ouvi-lo.

Os zumbidos pulsáteis unilaterais geralmente não manifestam nos exames de acuidade auditiva. Por isso, é necessário o uso de exames de neuroimagem para o diagnóstico apropriado. Em casos de neoplasias vasculares, a investigação deve ser feita por meio de uma cuidadosa otoscopia realizada por um médico otorrinolaringologista.

Por isso, caso perceba a presença de um zumbido pulsátil, procure o seu médico otorrinolaringologista. Desta forma, terá uma investigação apropriada do que está causando o problema e receberá o tratamento adequado. Evitando, assim, sequelas advindas de um diagnóstico incorreto ou tardio.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

TUDO SOBRE AUDIÇÃO

+10.000 assinantes curtem nosso conteúdo.