Pressão no ouvido

Barotrauma, Barotite médio ou Aerotite médio é o nome que se dá a uma lesão causada por um aumento da pressão do ar.

Isso ocorre quando a pressão do ar no ouvido e a pressão no ar no ambiente estão desequilibradas, não coincidem, impedindo que o tímpano vibre normalmente.

Quais são as causas do barotrauma

  • Mergulho
  • Câmaras de oxigênio hiperbárica
  • Explosões próximas

Você pode experimentar um pequeno caso de barotrauma
enquanto estiver no elevador de um prédio alto, dirigindo para
áreas montanhosas ou no avião quando está aterrissando ou
decolando.

Fatores de risco

Pequena trompa de Eustáquio, especialmente em bebês e
crianças pequenas.
A gripe comum
Rinite alérgica (febre do feno)
Infecção do ouvido médio (Otite)
Dormir no avião durante a subida e descida. Isso porque você
não pode bocejar ou engolir, o que ajuda a equalizar a pressão.

Quais são os sintomas

Tonturas, náuseas e vômitos, sensação de ouvido tampado, dor
no ouvido e zumbido, dor de cabeça, dor no tórax, perda da
consciência, perda da audição, sangramentos no nariz,
dificuldade de respirar e rouquidão.

Tratamento

O barotrauma geralmente não é sério e, tendo autocuidado,
raramente ocorrem complicações de longo prazo. Se a condição
for grave ou prolongada, ou se houver danos nas estruturas
médias ou internas no ouvido, podem ocorrer perda auditiva
permanente ou zumbido contínuo.

O tratamento para o Barotrauma normalmente é feito com uso
de descongestionantes e analgésicos para diminuir dos sintomas,
porém, dependendo dos sintomas, pode haver necessidade da
administração do uso de oxigênio ou de corticoides orais e até
cirurgia para correção do problema.

Como se prevenir

  • Boceje e engula durante a subida e descida.
  • Quando estiver na decolagem e pouso, pressione os dedos sobre o nariz e sopre como tivesse soando, mantendo a boca fechada.
  • Repita várias vezes esse procedimento, especialmente durante o
  • pouso, para equilibrar a pressão entre seus ouvidos e a cabine do
    avião.
  • Não adormeça durante a decolagem e o pouso.
  • Evite voar se tiver com resfriado, congestão nasal, sinusite ou otite. Caso tenha realizado cirurgia no ouvido, pergunte ao seu médico se é seguro viajar.
  • Cuidado com os descongestionantes orais. São úteis quando tomados de 30 a 60 minutos antes do voo, porém quem tem doença cardíaca, pressão alta ou gravidez deve evitar esse medicamento.
  • Se você tem alergia, tome o remédio cerca de uma hora antes do voo.
  • Experimente tampões de ouvidos filtrados, eles ajudam a equilibrar lentamente a pressão do tímpano durante a aterrissagem e decolagem. Porém, você ainda precisará bocejar e engolir para aliviar a pressão.
  • Para as crianças pequenas, dê uma mamadeira para chupar durante as descidas e subidas. Chupetas também podem ajudar.
  • Já as crianças maiores de quatro anos, podem tentar mascar chicletes ou beber no canudo, ou fazer bolhas com o canudinho.
  • Descongestionantes devem ser evitados para as crianças.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

TUDO SOBRE AUDIÇÃO

+10.000 assinantes curtem nosso conteúdo.