Não consigo usar aparelhos auditivos? O que fazer?

Você descobriu que precisa usar aparelhos, comprou para você ou para alguém da sua família. E no final não consegui usar de jeito nenhum, não se adaptou e o aparelhinho agora só fica guardado na gaveta.

Quantas pessoas recebemos em nossas clínicas relatando casos como esses? Por isso, eu vou deixar algumas dicas para você e seus familiares, para garantir que a adaptação acontece:

Primeira coisa é: Você comprou amplificadores auditivos na internet ou foram aparelhos auditivos mesmo, em uma clínica conceituada. Se foram amplificadores, aí infelizmente você não vai conseguir se adaptar, pois não são feitos para sua necessidade e só vão prejudicar mais só audição.

Então, deixa eles fora do ouvido mesmo e vamos falar agora de aparelhos auditivos de verdade:

  • Comece a usar o aparelho gradualmente. Use-o em casa durante períodos curtos e vá aumentando conforme se sinta confortável;
  • Acostume-se aos poucos. Não tenha pressa. É normal estranhar os sons;
  • Quando estiver em casa, treine identificar os sons. O barulho do relógio, os passos dos moradores, a água na torneira, por exemplo;
  • Pratique o reconhecimento da sua voz lendo alguma coisa em voz alta;
  • A medida que for se adaptando, amplie a conversação para mais pessoas. Preste atenção nos timbres de voz diferentes;
  • Se for assistir TV ou rádio, comece por ouvir programas com menos vozes.

Dê um passo por vez – Não tenha pressa! Como já falamos anteriormente, seu cérebro vai precisar de um tempo para reaprender a ouvir. Então, preste atenção aos sinais que ele envia. Se for muito difícil usar o aparelho por uma hora, reduza este tempo. Mas se for tranquilo, siga usando. Evite lugares muito barulhentos no começo, tente ouvir sua própria voz e se guiar por ela.

Faça um diário da adaptação – Anote em um diário suas descobertas sonoras, suas dúvidas e todos os sentimentos que possam ser despertados durante a sua adaptação. Além de ajudar seu fonoaudiólogo a ajustar melhor seu aparelho, suas anotações servem como uma válvula de escape, uma maneira para que você se conheça melhor. No caso das crianças, o diário pode servir como um estímulo maior para levar adiante o processo de adaptação dos dispositivos sonoros.

Aprenda a lidar com a vergonha – Muitos pacientes sentem vergonha de usar as próteses auditivas. Não caia nessa! Lembre-se de que a surdez pode chamar muito mais atenção do que os seus aparelhos. Pense em tudo o que você pode deixar de viver por não ouvir bem. Sua qualidade de vida deve estar em primeiro lugar!

Comunicação – Sabemos que para pessoas com perda auditiva nem sempre é fácil se comunicar. Por mais avançada que seja a tecnologia dos aparelhos auditivos, eles ainda não conseguem reconstituir 100% a audição natural. No entanto, algumas atitudes podem ajudá-lo a se comunicar de uma maneira mais eficiente. Confira:

  • Seja direto. Conte as outras pessoas que possui perda auditiva e ensine para ual a melhor forma de comunicar-se com você (falar devagar, olhar para você enquanto falam);
  • Deixe os barulhos de fundo no mínimo. Por exemplo: abaixe a TV ou o rádio, evite ventiladores ou água corrente durante as conversas;
  • Fique perto do interlocutor (quem está falando com você). Em grandes grupos, tente posicionar-se ao centro. Em locais com muitas pessoas, como uma igreja ou palestras, sente-se na frente da sala;
  • Utilize equipamentos para suporte a audição se disponíveis;
  • Posicione-se de modo que possa ver o interlocutor. Ouça as palavras-chave do contexto. Normalmente não é necessário ouvir cada palavra para entender a conversa;

Não se isole – Envolva sua família, amigos e pessoas próximas neste processo. A ajuda delas pode ser muito importante. Ficar escondendo seus aparelhos pode tornar tudo ainda mais difícil e penoso. Fale sobre suas necessidades, suas dificuldades e explique como pode ser ajudado. Contar com o carinho das pessoas que a gente gosta faz toda a diferença.

Se sentir dor ou qualquer incômodo, nos procure! Estamos aqui para ajudá-lo a cuidar de sua saúde auditiva!

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

TUDO SOBRE AUDIÇÃO

+10.000 assinantes curtem nosso conteúdo.